Pessoas a ler

Amar como eu amava, ninguém pode amar

Saudades apertam cada vez mais meu peito que chora porque estas longe.
Chora porque um dia te teve e descobriu o que era realmente bater por alguem.
Chora porque nao o soube mostrar.
Chora porque nao agarrou a perfeicao que um dia lhe foi bater á porta.
Agora despedaçado tenta uma vez mais recompor-se e alcançar o que mais deseja...
Esse amor que um dia guardou com uma força desmedida....


...mas que se mostrou insuficiente.

4 comentários:

PR" disse...

"Esse amor que um dia guardou com uma força desmedida....


...mas que se mostrou insuficiente." - adorei**

incógnita disse...

Gostei ..."Chora porque nao agarrou a perfeicao que um dia lhe foi bater á porta."

Joana é o meu nome disse...

O amor nunca é insuficiente. Aliás, ele é bastante forte, é tão forte q te consome aos poucos.
Há sempre um lado bom, andas a descobrí-lo ou hás-de o descobrir.

luisinha disse...

nunca ninguém ama como nós, toda a gente ama de maneira diferente. gostei do blog:)