Pessoas a ler

Karma

Estou em baixo uma vez mais, caído, de mãos e pés atados. E porquê?
Por tua causa. Conheces bem o teu poder e não tens pena de o usar em mim.porquê mais uma vez?
Porque sou fraco e me deixo cativar com um só beijo no fim da noite, acompanhado pelo álcool, beijo esse que percorre cada artéria do meu corpo ate a mais ínfima partícula e me deixa eléctrico.
Essa electricidade que me agarra há esperança que tudo vai ser diferente desta vez, que irei controlar os meus impulsos e não vou gostar mais do que devo. Mais uma vez falhei. E já la vão 3 porquês...
Porque me envolvi de corpo e alma mais uma vez neste karma de auto-destruição, que me persegue  que me faz embater de cabeça no Guincho, e viver mais um dia para sofrer com a tua presença distante, com essa mão fria que mal me toca debaixo de um cobertor de promessas...
Mais uma vez caio dentro de mim, e percebo que não controlo a forca que exerces no meu corpo... se o queres, leva-o de uma vez só e não me deixes...
Peço-te, não me deixes no canto da sala num sorriso hipócrita que tenta transparecer que tudo está bem, quando no fundo, me apertaste demais por dentr, e sufocaste toda a alegria que fizeste crescer em mim...  leva-me de uma vez...
Vai te embora e não olhes para trás. não te arrependas das tuas escolhas. mas lembra-te,


O karma é para todos a todos..

2 comentários:

Filipe Santos disse...

não te deixes ir abaixo, chiquinho, não deixes :D

Joana é o meu nome disse...

tem karma Fuinha