Pessoas a ler

Tempo que voa...

Menina bonita de olhos castanhos,
por onde andas tu?
fugiste do tempo,
e ele apanhou-te,
levou -te de nós com inveja,
porque o Sol e a Lua eram só teus,
porque o mar só batia na areia com força,
para nos teus pés poder tocar,
e o Sol só se punha para deixar a Lua bater-te nos olhos,
brilhantes como pérolas de rio selvagem.
O tempo levou-te mas não te apagou,
em nós fica a tua marca,
o teu perfume,
o teu olhar,
o tom suave da tua voz, reconhecível para quem te seguia os passos.
Contigo a vida foi diferente, e assim foi a morte...
Deixas um mundo triste para tornares outro um pouco melhor.
Lembra-te de nós onde estiveres,
mas não chores por nós,
Ri-te antes das nossas figuras mesquinhas e tristes,
Invejosas e fúteis, que nada amamos ou desejamos como tu fazias.
Leva essa tua mensagem bem longe que eu farei o mesmo,
e lembrar-me-ei sempre de como fui feliz contigo.

Joana Pardal, amo-te não só pelo que és, mas pelo que fui quando estava contigo.

2 comentários:

Rita Gomes disse...

ela era (e continua) a ser linda :)
conhecia-a de vista, de também ter ido a ibiza na viagem de finalistas :)
a vida é injusta, mas onde quer que ela esteja, está orgulhosa de todos e está bem melhor :)
Muita força Franckisco.

Anónimo disse...

és unica e divinal , és a nossa Joana Pardal @