Pessoas a ler

Até já familia (2/16)

Quatro anos passaram, e o menino que viram crescer já nao existe.
Hoje é um homem.
Hoje luta, conquista,
Hoje rasga, queima e esmaga com a sua forca,
Com a vossa força.

Quatro anos passaram, e a mochila ás costas deu lugar à capa.
Hoje visto um colete e uma batina,
Em honra de tudo o que me ensinaram,
Em honra de tudo o que foram para mim,
Em honra do que fizeram de mim.

Hoje a vergonha e o medo deram lugar a uma cabeça erguida com orgulho.
Orgulho de ter passado os seus melhores quatro anos,
Ter feito os melhores amigos,
Ter conquistado a melhor família que se pode pedir.

Hoje vesti a vossa pele,
Hoje ensinei o que me ensinaram,
Hoje fui eu o pai, a mãe e acima de tudo o irmão que todos vós o foram para mim.

Obrigado,
Do fundo do coração, obrigado.
É impossível descrever o que sinto por todos vós.
São o orgulho daquele pequeno menino que num domingo partiu numa viagem que mudaria a sua vida para sempre.

Obrigado

Sem comentários: